Município prepara a Semana do Meio Ambiente
24/05/2018 - 9h14 em ULTIMAS NOTÍCIAS

A Prefeitura de Sarandi, através do Municipal de Meio Ambiente, preparou várias atividades para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 05 de junho. No total serão 3 palestras distintas que ocorrerão no salão de atos da UPF Sarandi e uma trilha ecológica. A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMA) é parceira na realização das atividades.

Segundo Simone Tomazi, bióloga do departamento de meio ambiente, as palestras têm como objetivo principal a mobilização e conscientização dos alunos e da população sobre os temas ambientais, principalmente, aqueles que dizem respeito à preservação. 

No primeiro dia de programações, 29 de maio, acontecerá a palestra de Jackson Muller, que abordará o tema: Resíduos Sólidos – Desafios e Oportunidades. Jackson é Biólogo, Doutor em Ecologia e mestrado em Bioquímica, foi secretário de meio ambiente dos municípios de Estância Velha e Novo Hamburgo e Diretor Técnico da Fepam. Atualmente é Diretor Presidente da FMMA de Gravataí. O evento terá início às 14:00 horas no local supracitado.

No dia 05 de junho, com início ás 14:00 horas, ocorre uma palestra com Eduardo Coral Viegas, Promotor de Justiça de Porto Alegre e Mestre em Direito Ambiental. Na ocasião ele abordará o tema: Um giro pelo meio ambiente.

No dia 06 de junho, acontecerá a partir das 08:30, trilha ecológica com guia até a cachoeira do Parque Estadual Papagaio Charão, com transporte gratuito. Interessados podem reservar vagas, que são limitadas, junto ao departamento de meio ambiente.

E fechando a programação especial, o dia 07 de junho ocorrerá uma palestra com Tânia Bisognin Garlet, que abordará o tema “Plantas Medicinais de Uso Popular no Rio Grande do Sul”. Tânia é Mestre em Botânica pela UFRGS, Doutora em Produção Vegetal e Professora na UFSM. A palestra também ocorre no salão de atos da UPF Sarandi a partir das 09:00 horas.

Sobre essa programação especial, o Prefeito Leonir Cardozo ressalta que é preciso plantar nos alunos e na população, o amor e a preocupação com o meio em que vivemos. “É preciso agir para minimizar os impactos da sociedade de hoje sobre as futuras gerações. Toda a população é convidada para participar destes momentos especiais e unir forças para que possamos cuidar das belezas naturais e que são essenciais para a nossa existência”, disse Cardozo.

P.M.Sarandi - Joel De Brito

COMENTÁRIOS